O Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) é uma autarquia federal ligada a tudo que diga respeito a aposentadorias, pensões e outros direitos que trabalhadores e pessoas que já estão com idade para serem assistidas precisam. O órgão sempre investe na criação de novos postos de atendimento com o objetivo de colocar o máximo de pessoas recebendo mensalmente as suas garantias.

Para garantir um bom atendimento a este público é que o INSS está realizando sempre uma série de concursos públicos para contratação de novos atendentes, assim garantindo uma maior agilidade no atendimento e nas respostas que o público precisa obter do órgão.

Mas para ter direito a qualquer um destes benefícios do INSS, como exemplo também o auxílio-doença, salário maternidade e como já citado as aposentadorias e benefícios, é necessário fazer uma contribuição mensal junto ao órgão sendo esta a única maneira de contar com o INSS nos momentos em que mais precisar.

Mas como saber quanto contribuir e quando começar a fazê-lo? É simples. Através do site do INSS, localizado no endereço www.mps.gov.br, você pode ter todas as informações de que precisa para começar a garantir todos os seus benefícios. No entanto, também se faz necessário saber quanto lhe cabe em contribuição, algo que pode ser informado nos dados que vamos passar abaixo:

A tabela atualizada do INSS 2013 tem a informação exata sobre a sua contribuição sendo que até 1.174,86 deve ser recolhido 8% sobre este valor; ganhos de 1.174,87 até 1.958 o desconto para o INSS deve ser de 10 9% e de 1.958,11 até 3.916,20 o desconto para a contribuição deve ser de  11%.

Caso você se enquadre em algumas destas situações financeiras e deseja garantir um futuro mais tranquilo, ao menos no que diz respeito as condições financeiras, veja quanto vai lhe custar todo este beneficio ao longo dos próximos anos. Há duas formas de contribuir com o INSS: a empresa em que trabalha faz o recolhimento ou o se pede um carnê de pagamento para seu contador.

A tabela do INSS ainda não foi atualizada, por isso, estes valores e porcentagens que serão aplicados no próximo ano são os mesmos que são praticados agora em 2012. Se você deseja começar a se programar para o futuro, este é o momento de se programar para este investimento que embora seja a longo prazo, tenha certeza de que vai valer a pena no seu futuro.

Acesse o site acima ou se preferir procure uma agência do INSS em sua cidade, eles terão a informação mais precisa sobre como começar a estruturar a sua aposentadoria e ainda outros benefícios que nos momentos de maiores necessidades são tão importantes.