Não tem muito tempo que as empresas usavam a emissão de notas fiscais impressas para comprovarem o recebimento de determinado valor pelo pagamento de algum produto ou serviço. O modelo tradicional é bem detalhado em que há especificações como nome do estabelecimento onde se fez a transação comercial, CNPJ (que é como uma numeração de cadastro da empresa), o detalhamento do produto ou serviço que foi adquirido e o valor que foi pago, escrito por extenso.

As notas fiscais foram criadas como modo de garantir o pagamento de todos os tributos ao poder público na forma do governo municipal, estadual e federal. Pois, são com as notas que o governo fica informado de quanto em capital circulou em sua empresa bem como qual a parte que lhe cabe receber em impostos. Salienta-se também que cabem aos auditores fiscais fazerem este trabalho de fiscalização em todas as empresas.

Mas com as notas impressas estava acontecendo muito sonegação de impostos, uma vez empresários faziam o serviço e não colocavam o valor correto na nota fiscal para tentar burlar na porcentagem de impostos a serem pagas. E foi para driblar esta situação que as Secretarias Estaduais da Fazenda se reuniram para criarem a Nota Fiscal Eletrônica, um modo digital de apresentar sua lucratividade e suas contas a serem acertadas com o fisco.

Nota Fiscal eletrônica (NF) é um novo modelo de documento fiscal de método apenas digital , o qual só terá alguma valor jurídico garantido se for feito por meio de uma assinatura digital. Esta forma eletrônica de emitir nota veio para ficar no lugar da nota fiscal modelos 1/1-A, a mesma que manual.

Para emitir uma NF eletrônica não é uma missão nada complicada desde quando o sistema da sua empresa esteja devidamente integrado com o sistema operacional da Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz), enviando a nota a partir do próprio sistema ERP também chamado de sistema de faturamento.

Mas, como já citado, o sistema da sua empresa deve estar preparado para essa operação. E isso se faz com usando uma ferramenta já desenvolvido no ERP, ou ligando os sistemas específicos que efetuam a comunicação com a Sefaz. A NF vem solicitando as mesmas Informações que a nota manual, contanto que, todos os dados colocados caem diretamente no sistema da Sefaz, gerando assim mais precisão em tudo que e informado,

Deste modo, a sua empresa fica em dia com os tributos e livre de qualquer problema com sonegação junto ao fisco. Uma organização financeira séria, geradora de emprego e renda, tem como objetivo andar corretamente com os seus deveres, e um destes deveres é estar em dia com os tributos, quantia que geralmente é usada para se tornar em mais desenvolvimento para a sua cidade.